Blog
Blog > Consórcio: quais as vantagens e desvantagens desse sistema

Consórcio: quais as vantagens e desvantagens desse sistema

Consórcio: quais as vantagens e desvantagens desse sistema

O Consórcio Jockey sabe que, na hora de comprar um bem de alto valor, muitas são as dúvidas que surgem e, uma delas, diz respeito ao consórcio.

Essa modalidade de compra em grupo ou programada, realizada pelo Consórcio Jockey, tem como objetivo criar um fundo comum entre os participantes, onde esse valor é destinado à compra de veículos, imóveis e serviços.

Entretanto, o Consórcio Jockey oferece um conjunto de vantagens e comodidades, que deixa o cliente tranquilo até o final do seu plano. Pensando nisso, resolvemos listar as principais vantagens de realizar uma compra por consórcio e também as desvantagens, para que não reste dúvidas sobre esse sistema.

Confira abaixo as principais vantagens do consórcio e entenda por que essa pode ser a escolha ideal para comprar aquela casa que sempre sonhou ou um carro novo ou usado.

 

 

Vantagens do Consórcio Jockey

vantagens do consorcio jockey

 

O consórcio é uma modalidade que oferece várias vantagens para os participantes e, consequentemente, podemos citar entre a principal delas a não cobrança de juros, como acontece nos financiamentos bancários.

 

Para aqueles que prezam por economia e disciplina com os gastos, esse método de compra parcelada é a melhor opção.

 

 

1. Menos burocracia

 

Um grande benefício do consórcio é que ele é menos burocrático do que o financiamento. Isso é vantajoso para quem não consegue comprovar renda através do holerite ou não possui avalista.

 

Isso não significa que não existem regras para participar do Consórcio Jockey. Afinal, elas servem para garantir a segurança de todos os consorciados, comprovando a responsabilidade e a capacidade de cumprir com as obrigações de cada um.

 

Por isso, para entrar no Consórcio Jockey é necessário:

 

  • Ter mais de 18 anos: isso porque apenas as pessoas maiores de idade podem firmar um contrato. Até mesmo os idosos podem participar do Consórcio Jockey e realizar o sonho da casa própria ou ainda de ampliar os seus negócios sem precisar pagar altos juros dos financiamentos.
  • Nome limpo: apesar de um participante poder entrar no consórcio com nome sujo, dependendo da política de cada administradora, no momento de oferecer a carta de crédito ela então fará a pesquisa de inadimplência, sendo necessário que a dívida já esteja paga.

 

 

2. Menor custo

 

No consórcio não há cobrança de juros, entretanto o participante deve pagar outras taxas. E, mesmo assim, o valor da parcela e o custo total do consórcio acaba sendo bem menor do que o de um financiamento.

 

As taxas do consórcio são:

  • Fundo de reserva: os grupos de consórcio estão sujeitos a situações adversas, como a inadimplência de alguns de seus membros. Sendo assim, a finalidade do fundo de reserva é justamente garantir o funcionamento regular do grupo em casos como esse.
  • Fundo comum: ele é constituído pelos recursos que efetivamente serão utilizados na compra do bem ou serviço para os participantes contemplados. Então, essa taxa é destinada à formação do caixa do grupo, representando a maior parte da composição das prestações.
  • Seguros: os contratos de Consórcio Jockey podem prever também o pagamento de seguros. Os mais comuns são: seguro de quebra de garantia, seguro de vida e seguro desemprego.
  • Taxa de adesão: ela costuma ser cobrada quando a contratação é feita por meio de representantes autônomos da administradora. Esses profissionais intermedeiam toda a negociação.

 

 

3. Várias opções de crédito

 

Além de não ter muita burocracia, o Consórcio Jockey conta com diversas opções de créditos, planos e parcelas que cabem no orçamento do cliente interessado.

 

 

4. Não há taxa de juros

 

Todos os planos são livres de juros  e também não possuem parcelas intermediárias. O participante paga apenas as taxas administrativas, que são bem menores do que os juros cobrados pelas instituições financeiras, e são diluídas durante todo o período do plano escolhido.

 

 

5. Autorização do Banco Central

 

Na hora de escolher uma administradora de consórcio, é imprescindível que o interessado procure uma que seja regulamentada e autorizada pelo Banco Central do Brasil, o que dá maior segurança para o consorciado.

 

 

6. Compra planejada

 

Com o Consórcio  Jockey você realiza seu sonho e compra o seu bem, com toda a segurança do mercado. Certamente com ele você pode aumentar o patrimônio da família, trocar de carro, ou mesmo pegar em espécie.

 

 

7. Liberdade de escolha do bem

 

Ao ser sorteado, o participante tem o direito ao crédito no valor escolhido, porém não fica preso na marca, no caso de um consórcio de carros. Na hora da retirada do veículo, ele tem livre escolha do bem.

 

 

8. Reajuste da carta de crédito

 

Periodicamente, a carta de crédito é reajustada para que o participante do Consórcio Jockey não perca  o poder de compra do bem. Isso também serve para assegurar ao consorciado a garantia de que o valor disponível será suficiente para a aquisição do automóvel, imóvel ou caminhão desejado.

 

O reajuste é realizado de acordo com um índice do mercado apontado em contrato, por isso é muito importante estar atento a todas as cláusulas. É mais comum que essas alterações ocorram a cada 12 meses, o que quer dizer que o primeiro reajuste do consórcio é feito 1 ano após a parcela inicial.

 

Geralmente, para o Consórcio Jockey de imóveis é adotado como referência um dos índices a seguir:

  • Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), calculado e divulgado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas (FGV);
  • Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M), também mantido pela FGV;
  • Custo Unitário Básico (CUB), calculado pela Câmara Brasileira de Indústria da Construção (CBIC):
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), número fornecido todos os meses pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Já para os participantes do Consórcio Jockey de veículo, é bem provável que seja utilizada como parâmetro para reajuste a tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômica), uma vez que é ela que dita os valores dos veículos comercializados no país.

 

Agora caso não haja um veículo de referência, são empregados os índices oficiais de inflação, como o que já citamos INPC ou o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

 

Apesar de ser muito raro, a economia pode sofrer um fenômeno generalizado de redução de preços, o que deixa os  índices negativos, reduzindo também o valor da carta de crédito.

 

 

 

Desvantagens do Consórcio

desvantagens do consorcio

 

 

Certamente, as vantagens do consórcio são bem maiores do que as suas desvantagens. Isso porque podemos citar como algo negativo o não recebimento do bem de imediato.

 

Consequentemente, por outro lado, essa pode ser uma ótima opção para quem gosta de se programar, sem falar na possibilidade de agilizar a contemplação através de lances.

 

Sendo assim, podemos citar como desvantagens do consórcio:

 

 

1. Maior prazo para recebimento do bem

 

Ao contrário do financiamento, em que é possível retirar o bem logo no início do pagamento das parcelas, no consórcio isso vai depender de quando o participante for sorteado. Porém, isso pode acontecer logo no início ou até mesmo no final do grupo.

 

Mas, caso o consorciado queira adiantar a contemplação, ele pode dar um lance e, caso seja vencedor, recebe a carta de crédito no valor contratado.

 

 

2. Risco maior de inadimplência

 

No consórcio, o risco de inadimplência é maior, pois não depende apenas de um participante. Por isso, é importante procurar saber quais os impactos, para o grupo, da inadimplência de outros consorciados.

 

 

Como acelerar a contemplação do Consórcio Jockey

Existem algumas maneiras de adiantar a contemplação do consórcio e então ter acesso ao seu bem tão desejado. A principal maneira de conseguir isso é através de lances.

 

Existem três tipos de lances utilizados em consórcios. Abaixo listamos cada um deles, para que você entenda melhor como eles funcionam.

 

Lance fixo

Nesse tipo de lance, conhecido como fixo, a administradora de consórcio predetermina uma quantia proporcional ao montante total da carta de crédito. Isso permite que o participante saiba o valor do lance a ser oferecido de forma antecipada.

 

Agora caso mais de um consorciado ofereça um lance fixo, deve ser realizado um sorteio entre elas para decidir quem fica com a carta de crédito.

 

Lance livre

Nos lances livres de um consórcio não há valores determinados antecipadamente. Sendo assim, o participante pode oferecer qualquer quantia em relação ao valor que ainda precisa ser quitado e então recebe a carta de crédito aquele que der o maior lance.

 

Lance embutido

A lógica de funcionamento dos lances embutidos é um pouco diferente dos lances fixos e livres. Nesse caso, parte do valor da carta de crédito é oferecida para tentar antecipar a contemplação.

 

Quer entender melhor como isso funciona? Veja o exemplo a seguir.

 

O consorciado que teria direito a uma carta de R$ 50 mil reais ao ser contemplado, pode oferecer 40% dela, por exemplo, dando um lance de R$ 20 mil. Se o lance dele for vencedor, a carta de crédito sofrerá o desconto do valor do lance e o contemplado terá R$ 30 mil à disposição.

 

Para aqueles que possuem uma reserva financeira disponível e não têm problemas em utilizá-la para antecipar a contemplação, os lances livres e fixos são mais interessantes. Por outro lado, o lance embutido costuma ser uma boa opção para quem se interessou por um bem de valor reduzido se comparado ao que foi previsto no início do consórcio.

 

 

O que fazer depois da contemplação?

A partir do momento em que o Consórcio Jockey informa o cliente sobre a contemplação, ele precisa seguir algumas etapas para conseguir receber o bem. É sobre eles que vamos falar a seguir.

 

Apresentação de garantias

Em alguns casos, a liberação da carta de crédito exige que o contemplado apresente garantias, que podem ser outro bem em nome do consorciado ou um fiador.

 

No caso a opção seja pelo fiador, ele também precisará apresentar seus documentos e passar por uma avaliação cadastral. Sendo assim, a pessoa não pode: ter nome sujo, ter protestos em seu nome, ser menor de 18 ou maior de 65 anos e ser cônjuge do consorciado.

 

Realizar a entrega dos documentos pessoais

Os documentos podem variar de acordo com a categoria do consórcio. Porém, a relação dos documentos básicos inclui: ficha cadastral atualizada, RG ou CNH, CPF ou CNPJ, comprovante de endereço em que conste o nome do consorciado e comprovante de renda, quando solicitado.

 

Avaliação do bem desejado

A documentação que irá constatar a condição de cada bem é diferente de acordo com a sua natureza.

 

No caso do consórcio de imóveis é necessário que todos os documentos solicitados para a compra do imóvel, seja ele novo ou usado, possuam atestado de legalidade da propriedade, afastando dúvidas sobre pendências jurídicas, fiscais ou trabalhistas.

 

O restante da papelada inclui: instrumento particular com força de escritura pública, matrícula do imóvel atualizada, certidão negativa de tributos municipais, cópia da certidão atualizada do estado civil e certidão de valor venal.

 

Já para imóveis em construção, também é necessário: planta aprovada pela prefeitura ou órgão competente, memorial descritivo (também exigido em reformas), alvará e cronograma da construção (também necessário para reformas).

 

Para quem aderiu ao consórcio de autos, primeiro devem ser informados modelo, cor e ano do veículo. Se o mesmo for usado, serão solicitados ainda o número do chassi e vistorias recentes.

 

Os outros documentos necessários são:cópia do Documento Único de Transferência (DUT), quando o vendedor for particular, nota fiscal original, nota promissória assinada e contrato de alienação fiduciária assinado e reconhecido em cartório.

 

Agora que você já conhece todas as vantagens do consórcio, não pode deixar para trás aquele sonho de ter uma casa própria ou então um carro para facilitar a vida de toda a família.

Só o Consórcio Jockey oferece um conjunto de vantagens e comodidades, que deixa você tranquilo até o final do seu plano. Entre em nosso site e faça uma simulação agora mesmo.